Mensagem sobre biometria que circula no WhatsApp é falsa, alerta TSE

É falsa uma mensagem que tem circulado nas redes sociais a respeito do cadastro da biometria para a próxima eleição, alertou o Tribunal Superior Eleitoral. O texto diz que eleitores deverão pagar multa de R$ 150 e terão CPF e CNH cancelados caso não cadastrem a digital até 7 de dezembro.

Para 2018, será obrigatório o cadastro da biometria em 85 cidades no estados de São Paulo, mas o prazo varia. Apenas em 2022 o Brasil inteiro deverá ter a biometria cadastrada em todas as suas zonas eleitorais.

Caso não compareça até a data estipulada para o seu local de residência, o cidadão perde apenas o título de eleitor – e não há previsão de multa. Só se cobra uma multa, no valor de R$ 3,50, quando o brasileiro deixa de votar em uma eleição.

Para cadastrar a biometria, o eleitor deve comparecer ao cartório de sua zona eleitoral com documento oficial, título de eleitor, caso tenha, e comprovantes de residência, de quitação de serviço militar.

Compartilhar